10 de set de 2009

Corrente de problemas


Duas coisas que tornam tediosa a pilotagem de uma moto, entre outras, é ter um passageiro "solto" e uma corrente folgada. O primeiro problema é resolvido com uma "aula de garupa"; o segundo com algumas ferramentas e paciência.

O sistema de transmissão secundária (pinhão, coroa e corrente) pode ter a vida últil dobrada se for bem cuidado. A lubrificação constante é o básico da manutenção. É importante também lavar com Diesel todas as peças dessa transmissão, de tempos em tempos, para retirar toda a terra que faz um "polimento" nas peças enquanto estão movimento. Assim o conjunto não se desgastará tão rápido e nem exigirá apertos constantes.

E quanto aos apertos, estes têm que ser feitos de acordo com o uso da moto. Se ela for levar apenas um passageiro o ideal é que uma pessoa monte nela enquanto outra estica a corrente.

Assim não existe o incômodo de ter as trocas de marchas imprecisas, que chateiam, principalmente, aqueles que gostam de reduzir antes e durante uma curva.

Imagem: Kit Vaz

0 comentário(s):

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre este post.